Notícias sobre Acidentes

No dia 02 de março deste ano ocorreu um acidente com um helicóptero Sikorsky S-76C, da Omni Taxi Aéreo, durante pouso na plataforma P-37, da Petrobras, localizada no Campo de Marlim, Bacia de Campos.
Das 10 pessoas que estavam a bordo (2 tripulantes e 8 passageiros), quatro ficaram levemente feridas, receberam os primeiros atendimentos pelo médico da Unidade de Manutenção e Segurança Cidade de Araruama da P-37, e passam bem.

O acidente ocorreu por volta das 14 horas após a aeronave ter decolado do aeroporto do Farol de são Tomé, localizado em Campos / Rio de Janeiro.

Segundo informações reportadas no website Portal Marítimo (ver endereço abaixo), “por algum motivo desconhecido os flutuadores da aeronave foram acionados durante o pouso, o que causou instabilidade na aeronave ao encostar no heliponto, fazendo com que a mesma balançasse de forma irregular, a ponto de o rotor ter tocado o piso do heliponto e quebrado. A aeronave acabou tombando.”
A Petrobras informou às autoridades que criou uma comissão para investigar o acidente, conforme requisito do próprio sistema de gestão de segurança da empresa.

Embora felizmente este acidente não tenha causado vítimas fatais, nem, aparentemente, ferimentos graves, constitui-se em um acidente bastante sério em função do seu potencial de gravidade. No ano de 2016, registramos no site da ABRISCO, dois sérios acidentes envolvendo helicópteros de transporte de trabalhadores da área de óleo e gás: um na Noruega em 01/05 e outro na Sibéria em 24/10. O primeiro causou a morte das 13 pessoas a bordo e o segundo causou 19 mortes (para mais informações, consulte o documento depositado na seção de trabalhos publicados do nosso site - http://www.abrisco.com.br/novo/area-do-associado/publicacoes-de-trabalhos).

Sem dúvida, o transporte de helicóptero para as instalações de petróleo tem sido um dos principais fatores de risco para os trabalhadores dessas instalações. Dados históricos de FAR (fatal accident rate) para o transporte por helicópteros reportados em relatório do IOGP de 2010 indicam números extremamente altos (chegando a ordem de mais de 1000) em comparação com os de outras atividades offshore. Felizmente, os valores de FAR são calculados por tempo de exposição e este tempo é bastante baixo para os trabalhadores das plataformas (exceto para os pilotos, é claro). 

Para mais informações, consultem os links abaixo:

https://www.portalmaritimo.com/2017/03/02/acidente-com-helicoptero-na-p-37-deixa-quatro-feridos/

http://www.valor.com.br/empresas/4884116/petrobras-diz-que-p-37-opera-normalmente-apos-acidente-com-helicoptero

http://m.ururau.com.br/cidades/8a7f5cc8a7bdab07c4bc081312cae1c8fa84c0eb_aeronave_faz_pouso_forcado_na_p_37_e_deixa_tres_feridos_na_bacia_de_campos

 

A produção total de petróleo e gás natural da Petrobras, em setembro, foi de 2,88 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed), sendo 2,75 milhões boed produzidos no Brasil e 130 mil boed no exterior. Esse resultado representa crescimento de 1,4% na produção total da companhia em relação a agosto.

Ver notícia completa no link abaixo:

http://tnpetroleo.com.br/noticia/com-288-milhoes-boed-a-producao-da-petrobras-em-setembro-teve-um-aumento-de-14-em-relacao-a-agosto/

 

O Presidente da ABRISCO, Dr. Luiz Fernando Seixas de Oliveira foi convidado pelo SMES Corporativo da Petrobras a falar no seminário “Evento Gerencial de Motivação em Segurança de Processo” realizado no dia 30 de março de 2016. Luiz Fernando falou sobre “Conceitos, Visão e Riscos de Processo” para uma plateia constituída de Gerentes Executivos, Gerais e Setorias com atividades ligadas a projetos, manutenção, inspeção, confiabilidade e operação nas unidades de processo da empresa. Realizado no auditório do EDISE (edifício-sede da Petrobras), o Seminário contou com a participação direta de cerca de 150 pessoas, além de ter sido transmitido por WebTV para outras unidades da empresa dentro e fora do Brasil. Além da apresentação de Luiz Fernando, foram realizadas quatro outras por diretores e técnicos da ANP e uma palestra do consultor Américo Diniz Carvalho Neto, também membro da atual Diretoria da ABRISCO.

Para Luiz Fernando, a participação da ABRISCO em eventos como este reforça o reconhecimento da Associação como entidade nacional que reúne competência e conhecimento significativos para o desenvolvimento da segurança de processo no setor de óleo e gás no Brasil.

A ABRISCO agradece o convite da Petrobras e coloca-se à disposição para futuros eventos desta natureza.

A apresentação do Dr. Luiz Fernando Seixas de Oliveira está disponível neste site exclusivamente para os Associados da ABRISCO. Clique aqui.

Onde estamos

ABRISCO

Rua do Hospício, 194    Sala 1106

Boa Vista, Recife PE   CEP: 50060-080

Tel: (21) 98859-8800

Nossas Redes Sociais

pop congresso.v3